Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Programa Direitos Humanos, Infâncias e Diversidade no Arquipélago do Marajó

  • Publicado: Terça, 17 de Setembro de 2019, 17h53
  • Última atualização em Quarta, 25 de Setembro de 2019, 08h37
  • Acessos: 2205
imagem sem descrição.

O programa “DIREITOS HUMANOS, INFÂNCIAS E DIVERSIDADE NO ARQUIPÉLAGO DO MARAJÓ” (DHIDAM), inscrita na Faculdade de Serviço Social (FACSS) do Campus Universitário do Marajó/ Breves (CUMB), se constitui em uma proposta interdisciplinar que objetiva fomentar ações de educação em/para direitos humanos, tomando como foco reflexões sobre a infância numa perspectiva da diversidade, ou seja, pensando em “infâncias” em sua pluralidade junto aos presentes e futuros profissionais do Sistema de Garantia de Direitos do Marajó Ocidental e com a comunidade local. 

O conceito de Direitos Humanos é amplo e está em constante construção, possuindo um valor estratégico, à medida que contribui para denunciar as desigualdades e as diferentes formas de exploração e opressão experimentada pela maioria da população em sua vida cotidiana. Portanto, as atividades têm como horizonte possibilitar diálogos sobre as problemáticas que atingem a região marajoara, que possui uma população atingida não somente pela pobreza, a fome e com a ausência de água potável e saneamento básico, mas também pela homofobia, o machismo, o racismo e o adultocêntrismo, que atingem diretamente a vida de crianças e adolescentes.

As atividades desenvolvidas são seminários, oficinas, minicursos, vídeos debates e rodas de conversas que têm como centralidade o tema dos direitos humanos das diferentes infâncias marajoaras, indicando as potencialidades da região e de sua população, numa perspectiva de empoderamento e emancipação humana. A fim de formar agentes multiplicadores, temos como público-alvo assistentes sociais, pedagogos, psicólogos e professores da rede pública, profissionais da área da saúde, profissionais de nível médio do Sistema de Justiça, integrantes de movimentos sociais, além de discentes de instituições de ensino superior e técnico.  As ações extensionistas visam contemplar quatro municípios do Arquipélago do Marajó/PA: Breves, Melgaço, Portel e Curralinho.

O referido programa tem suas ações alicerçadas pelos seguintes projetos de pesquisa e extensão:

 

- DIREITOS HUMANOS DA INFÂNCIA: a perspectiva dos profissionais da educação pública do município de Breves/Marajó

- DIREITOS HUMANOS E INFÂNCIA NO MARAJÓ: uma análise das ações do Sistema de Justiça dos municípios de Breves, Melgaço e Portel (PA).

- DIREITOS HUMANOS E JUVENTUDE NEGRA NO MARAJÓ: diálogos para combate ao racismo com os jovens do município de Breves (Marajó/PA)

- SER NEGRO NO MARAJÓ: diálogos sobre direitos humanos e diversidade étnico-racial nos bairros periféricos do município de Breves (Marajó/PA)

- INCLUSÃO DIGITAL DE JOVENS NEGRAS E NEGROS NO MARAJÓ: integração entre a Universidade e a comunidade brevense

- SER NEGRO NO MARAJÓ: REGISTROS DE MEMÓRIAS, LUTAS, RESISTÊNCIAS E EMPODERAMENTO.

 

METAS

- Fortalecer e estruturar grupos de pesquisas sobre infâncias/criança no Marajó Ocidental;

- Realizar Encontros Anuais que promovam o diálogo entre pesquisadores das infâncias/crianças da Amazônia;

- Promover seminários anuais que possibilitem diálogos entre as diferentes instituições e profissionais que atuam no Sistema de Garantia de Direitos da Criança e Adolescente do Marajó Ocidental;

- Fortalecer a parceria com a Defensoria Pública e o Ministério Público para incentivar as denuncias dos casos de violações dos direitos das crianças e adolescentes no Marajó Ocidental;

- Incentivar a articulação do Campus Universitário do Marajó/Breves com as instituições que compõem o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e Adolescente do Marajó Ocidental;

- Realizar trabalhos cooperativos com a Prelazia do Marajó, a Pastoral da Juventude/Marajó, Cáritas Melgaço e a Comissão de Justiça e Paz do Marajó.

 

EQUIPE TÉCNICA

Profa. Dra. Jacqueline Guimarães (Coordenadora)

Profa. Esp. Maria Oliveira Gomes (Assistente Social/ Colaboradora)

Brunno Aranha e Maranhão (Defensor Público/ Colaborador)

Letícia Costa de Carvalho (Bolsista PIBIC Interior)

Cristiane Jakeline Farias Freitas (Bolsista PIBIC Pcd)

Camilla Barros Pinto (Bolsista PIBIC EM)

Matheus César Silva da Silva (Bolsista PIBEX)

Sara Soares de Araújo (Bolsista PROEXIA Marajó)

Silvana Ramos Lacerda (Bolsista PROEXIA Marajó)

Vanessa de Souza Gama (Bolsista Eixo Transversal)

Ianca do Socorro Medeiros Pereira (Bolsista NAVEGA SABERES/INFOCENTRO)

 

CONTATOS

Fan Page

dhinfanciamarajo@gmail.com 

facss_breves@ufpa.br

Página no Facebook “Programa Direitos Humanos, Infâncias e Diversidade no Arquipélago do Marajó”

Telefone: 3783-1129 (Secretaria da FACSS/CUMB/UFPA)

(91) 99162-2367 (WathsApp)

registrado em:
Fim do conteúdo da página